Páginas

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

O QUE FAZER NO CARNAVAL?

ACAMPAMENTO EVANGÉLICO NA VILA DA IGREJA
Templo da Assembléia de Deus na Vila da Igreja é o mais antigo do RS.
Foto: Julius Patricius (Panorâmio)
Na Vila da Igreja, local histórico, onde foi construído o primeiro templo da Igreja Evangélica Assembléia de Deus no Estado do Rio Grande do Sul, realiza-se um tradicional retiro espiritual que reúne cerca de duas mil pessoas. Durante o fim-de-semana, acontecem cultos e outras atividades religiosas. No local, há área de camping e uma infraestrutura constantemente ampliada para atender satisfatoriamente aos participantes, que aumentam a cada ano.

ACAMPAMENTO NO RIO ITACURUBI
Passo das Carretas é área pública e de fácil acesso. Foto: Facebook.
Outra opção é acampar em um dos muitos locais existentes no rio Itacurubi, propícios a um feriadão tranquilo. No Passo das Carretas (Balneário Felisberto Martins da Silva), existe uma estrutura mínima (água encanada e área de camping) que, por ser pública e de fácil acesso, atrai bastante gente. Mas existem outras opções, em áreas particulares. Sabe-se que as margens do Itacurubi estão lotadas. 

BAILES NA ASSERMI
ASSERMI é opção para quem não qer acampar. Foto: Google Earth.
Já quem está na cidade e não quer saber da tranquilidade dos acampamentos pode aproveitar o Carnaval da ASSERMI (Associação dos Servidores Municipais de Itacurubi). Neste ano, as cinco noites serão animadas por três bandas diferentes:

1ª Noite (08/02/2013) - Banda Anjos do Sul (Três Passos/RS)

2ª e 3ª Noites - Banda Griffe (Alecrim/RS)

4ª e 5ª Noites - Banda Sabor Brasileiro (Santiago/RS)

Os ingressos antecipados custam dez reais na Farmácia Pool ou na sede da Associação.

10 comentários:

  1. Bom mesmo é acampar!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu fiquei analisando a decisão da ASSERMI- QUE NÃO É UM CLUBE é Associação dos servidores Municipais, ter tido a petulância de fazer carnaval, pelo que se sabe mixado. O Estado do Rio Grande do sul, decidiu nas maiores cidades gauchas a não fazer e aqui nesse nosso mundinho que é tão solidário, (ou era),onde um funcionário, acredito que associado da entidade perdeu sua filha no incêndio, ainda choramos pelas vítimas, um sinal que Deus mandou para que nós alertassemos quanto a nossa fé, que tenhamos um tempo para ELE enquanto ficamos 4 horas bebendo e dançando, e nunca temos tempo p rezar, refletir, olhar para nossos filhos.Vi, o Seu Osmar revoltado com essa decisão e me coloquei como mãe/pai no lugar dele, e se tivesse sido um de nossos filhos? simplesmente só podemos lamentar. Carnaval tem todo ano. Sentimento e solidariedade nessa situação em que o próprio governo do Estado decreta luto, nós aqui no Itacurubi, dançamos e fizemos carnaval.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É só tu não Ir.... A vida continua e tenho a certeza que muitos jovens morreram fazendo o que gostavam que era se divertir e fazer festa, INFELIZMENTE a vida á assim é Árdua é violenta... Após ter respeitado os 7 DIAS de luto decretado pelo Prefeito Municipal é vida que segue...

      Excluir
  3. O Pastor da Igreja Evangélica Assembléia de Deus entregou um ofício para o prefeito José com objetivo de empréstimo do ônibus para levar os fiéis para a Vila da Igreja e o prefeito negou o empréstimo mas hoje de manhã (domingo dia 10/02/13) o ônibus saiu para levar os fiéis da Igreja Deus e Amor para Santiago. Fato muito intrigante, não que a Igreja Deus e Amor não mereça mas se pode ceder para uma porque não para outra também, na minha opinião poderia ter emprestado para a Igreja Evangélica Assembléia de Deus na sexta-feira e sábado e no domingo para a Igreja Deus e amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro(a) leitor(a): Obrigado pela participação. Sabe-se que existe lei própria para esse tipo de cedência de transporte, mediante pagamento do combustível e despesas do motorista. Talvez (é só uma suposição), a Igreja Deus é Amor tenha encaminhado antes da Assembléia de Deus o pedido do ônibus. Abraço!

      Excluir
    2. Também pode ser, mas os dias eram diferentes (sexta-feira e sábado) somente o domingo era igual para as duas!!!

      Excluir
    3. É, sacanagem com os irmãos da Assembléia de Deus, pois a maioria deles deu o próprio suor pra colocarem o atual prefeito no poder! Vai ver que isso tá acontecendo porque a administração já está lidando com as "coisas do mundo".

      Excluir
  4. Caro blogueiro, se tiver conhecimentos, você poderia nos esclarecer sobre os projetos que foram encaminhados para a reunião extraordinária ocorrida na Câmara de Vereadores na semana passada? Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro(a) leitor(a): Obrigado pela participação. Estamos nos inteirando da matéria. Em breve, publicaremos sobre o assunto. Abraço!

      Excluir
  5. Ainda sobre o assunto carnaval, acredito que a pessoa que fez o segundo comentário deva ser bastante desinformada, pois não sei se ela sabe, mas na maioria dos municipios onde não se realizou carnaval, não foi por determinação de luto oficial e sim por determinação de Lei, pois nesses locais os clubes não têm os requisitos de segurança exigidos para realização de eventos.E agora, depois da tragédia, as autoridades se acordaram e estão exigindo que se cumpra a Lei. Não fiquem surpresos se isso acontecer até mesmo nas igrejas, pois todo o local de grande concentração de pessoas precisam se adequar às medidas de segurança exigidas na lei. E tem mais, não acredito que esse colega esteja achando um desrespeito com o acontecido com a filha dele os nossos jovens se divertirem, pois como sabemos, a menina dele, que Deus a tenha, gostava de diversão, tanto que estava naquela boate na triste noite da tragédia. Solidariedade não é tomar o sofrimento dos outros para sí, e sim, tentar minimizar esse sofrimento do outro com gestos e atos carinhosos e sinceros, procurando desviar assuntos que lhe tragam lembranças tristes.

    ResponderExcluir

Regras dos comentários:

1) Os comentários não refletem a opinião do Blog e são de inteira responsabilidade de seus autores.
2) O Blog reserva-se o direito de moderar comentários com conteúdo ofensivo ou que lesem direitos.
3) O anonimato é vedado pela Constituição Federal. Os comentários podem ser rastreados e o seu autor descoberto. Utilize este espaço com responsabilidade.
4) Comentários com mais de dez linhas não serão aprovados.